Regulamento – Sistema de Disputa

CAPÍTULO IV

DO SISTEMA DE DISPUTA

Art. 9º – O Paraense/2016 será disputado pelos dez clubes listados no Anexo I, em dois turnos e uma final, o 1º Turno será denominado simplesmente “Taça Cidade de Belém”, o 2º Turno será denominado simplesmente “Taça Estado do Pará” e a Final será denominada simplesmente “Taça Açaí”.

Parágrafo único – O mando de campo de todas as partidas pertencerá ao clube colocado à esquerda da tabela elaborada pela DCO.

Art. 10 – sistema de Disputa do Paraense/2016.

§1º – Na Taça Cidade de Belém os dez clubes serão divididos em duas chaves A1 e A2 de cinco clubes em cada chave, conforme mostradas no Anexo I, e jogarão três fases, 1ª fase (classificatória), 2ª fase (semi-final) e 3ª fase (final);

I – Na 1ª fase – classificatória, cada clube fará quatro jogos contra os clubes da mesma chave em jogos somente de ida, cada clube terá folga em uma rodada, ao final da última rodada (5ª rodada) os dois clubes melhores classificados entre os cinco clubes da mesma chave, ou seja, o primeiro e segundo colocados de cada chave se classificam para a 2ª fase;

II – Na 2ª fase – semi-final – os quatros clubes classificados na 1ª fase serão divididos em duas chaves B1 e B2, conforme mostradas no Anexo I, e jogarão uma única partida dentro da chave, jogo eliminatória simples, e o clube vencedor em cada partida estará classificado para a 3ª fase.

III – Na 3ª fase – final – os dois clubes classificados na 2ª fase comporão uma única chave C, conforme mostrada no Anexo I, e jogarão uma única partida e o clube vencedor desta partida será o Campeão da Taça Cidade de Belém.

§2º – Na Taça Estado do Pará os dez clubes serão divididos em duas chaves A1 e A2 de cinco clubes em cada chave, conforme mostradas no Anexo I, e jogarão três fases, 1ª fase (classificatória), 2ª fase (semifinal) e 3ª fase (final);

I – Na 1ª fase – classificatória, cada clube fará cinco jogos contra os clubes da outra chave, ou seja, jogos entre os clubes da chave A1 contra os clubes da chave A2, em jogos somente de ida e ao final da última rodada (5ª rodada) os dois clubes melhores classificados entre os cinco clubes da mesma chave, ou seja, o primeiro e segundo colocados de cada chave classificam-se para a 2ª fase;

II – Na 2ª fase – semi-final – os quatros clubes classificados na 1ª fase serão divididos em duas chaves B1 e B2, conforme mostradas no Anexo I, e jogarão uma única partida dentro da chave, jogo eliminatória simples, e o clube vencedor em cada partida estará classificado para a 3ª fase.

III – Na 3ª fase – final – os dois clubes classificados na 2ª fase comporão uma única chave C, conforme mostradas no Anexo I, e jogarão uma única partida e o clube vencedor desta partida será o Campeão da Taça Estado do Pará.

§3º – Na Taça Açaí os dois clubes campeões de turno comporão uma única chave D, conforme mostrada no Anexo I, e jogarão uma única partida e o clube vencedor desta partida será o Campeão do Paraense/2016.

Art. 11 – Em caso de empate em pontos ganhos entre dois ou mais clubes ao final de cada etapa do Paraense/2016, o desempate, para efeito de classificação obedecerá à seguinte ordem:

§1º – Nas Taças Cidade de Belém e Estado do Pará para a 1ª Fase – Classificatória, o desempate será efetuado observando-se os critérios abaixo:

1º) maior número de vitórias na taça em disputa;

2º) maior saldo de gols na taça em disputa;

3º) maior número de gols pró na taça em disputa;

4º) confronto direto na taça em disputa;

5º) sorteio a critério da DCO.

Obs.: No caso de empate entre mais de dois clubes, não será considerado o quarto critério.

§2º – Nas Taças Cidade de Belém e Estado do Pará para a 2ª Fase – Semi-Final e 3ª Fase – Final, e também na Final do Campeonato Taça Açaí, onde teremos partida única, o desempate será efetuado observando-se o critério abaixo:

1º) Em caso de empate, o jogo será decidido através da cobrança de tiros livres direto da marca do penalty de acordo com International Board.

§3º – Para efeito de classificação final do Paraense/2016, o desempate será efetuado observando-se os critérios abaixo levando em consideração todos os jogos que o clube tenha disputado no Paraense/2016:

1º) maior número de vitórias;

2º) maior saldo de gols;

3º) maior número de gols pró;

4º) confronto direto;

5º) sorteio a critério da DCO.

Obs.: No caso de empate entre mais de dois clubes, não será considerado o quarto critério.

I – Caso um mesmo clube seja o campeão da Taça Cidade de Belém e Taça Estado do Pará não haverá a disputa da Taça Açaí e o campeão das duas taças será considerado Campeão do Paraense/2016;

II – Caso aconteça o citado na alínea I, os critérios de desempate enumerados de 1º ao 5º do Parágrafo 3º serão levados em consideração para a classificação final para identificar os clubes posicionados do 2º ao 10º colocado do Paraense/2016;

III – Caso um clube seja o campeão da Taça Cidade de Belém e outro clube seja o campeão da Taça Estado do Pará, será disputada a Taça Açaí, e o vencedor da Taça Açaí será considerado o Campeão do Paraense/2016 e o perdedor da disputa da Taça Açaí será considerado o Vice-Campeão do Paraense/2016;

IV – Caso aconteça o citado na alínea III, os critérios de desempate enumerados de 1º ao 5º do Parágrafo 3º serão levados em consideração para a classificação final para identificar os clubes posicionados do 3º ao 10º colocado do Paraense/2016;

Art. 12 – Os dois últimos clubes classificados do Paraense/2016 descenderão para a 2ª Divisão do futebol paraense em 2017; os dois primeiros clubes classificados da 2ª Divisão do futebol paraense em 2016 acessarão à 1ª Divisão do futebol paraense em 2017.

Fonte: FPF

Acesse o Regulamento completo do Campeonato Paraense de Futebol na página oficial da Federação Paraense de Futebol

Veja também